Confiança no lugar errado

•julho 30, 2007 • 1 Comentário

Desde que iniciei minha jornada na sedução, comecei a ficar mais atento a tudo que tange esse assunto. Artigos, revistas, conversas informais, comentários, etc.

O interessante é que se você notar, sempre existe um grupo de pessoas com teorias sobre como se deve seduzir. Essas pessoas estão sempre certas, “senhoras de si”, e atacam qualquer um que descordar. Alguns apostam no romantismo meloso, outros em cantadas baratas e ainda aqueles que apostam na simples técnica “tentativa e erro”.

Quem está certo ou errado nessa história?

Se você tem uma teoria, põe ela em prática e ela lhe traz bons resultados. Você está certo. O detalhe é que a maioria dessas pessoas super confiantes em suas teorias não conseguem bons resultados. A maioria não consegue resultado algum. A maioria nao consegue por em prática.

fraud.jpg

Ao longo do tempo escutei pessoas falando sobre o que pensam da sedução, e como sua maneira de seduzir é a mais correta, e de como todas as outras formas estão erradas.  E tive a oportunidade de vê-las em ação.

Não foi surprese ver que esses caras durões com sua teorias ficaram parados no canto do bar, segurando uma garrafa de cerveja na frente do peito sem ação nenhuma, apenas olhando ao redor. Ai você pergunta: “Por que não vai falar com aquela garota?”. As desculpas são sempre criativas.

“Hoje não estou muito pra festas”, “Bebi muito pouco”, “Estou enrolado com outra garota”, “Aquela garota tem cara de ser muito antipática”, “Não é meu tipo”.

A noite passa e o “garanhão” não se aproxa de ninguém e não faz nada.

Algo está errado. Não está? O cara confiante, cheio de técnicas e histórias sobre como ele conquista mulheres ficou parado sem ação nenhuma? Estranho.

O objetivo desse post é mostrar que todos têm tendência a falar sobre qualquer assunto, quando não precisam provar o que estão dizendo. Muitas vezes ouvimos pessoas e ficamos impressionados e intimidados com a conversa e com o aparente e espetacular sucesso.

pinocchio.jpg

Confiança no lugar errado. Talvez se essas pessoas tivessem metade dessa confiança onde realmente importa, seriam mestres da sedução.

Fica o conselho:

Não dê ouvidos a quem parece ter todas as respostas. Jamais compare seus resultados com essas histórias mirabolantes em tempos distantes.

Compare seus resultados apenas com os seus próprios resultados anteriores. É assim que se mede a evolução.

O cara com pinta de galã pode ser o maior perdedor que você ja encontrou, mas na roda de amigos, ele não vai perder a chance de contar vantagem. A prática é o unico caminho seguro.

 Forte Abraço

Insane

Anúncios

Pseudo – Sucesso

•julho 23, 2007 • 3 Comentários

Na última festa que fui, fiquei com três garotas. Um resultado razoável, certo?
Depende do ponto de vista. Eu, particularmente, me senti frustrado.

Depois que comecei a me dedicar a sedução, a definição de sucesso mudou bastante.

sucesso.jpg

Analisem o resultado da noite em questão:

1ª garota – Ela estava próxima de mim quando presenciamos uma cena engraçada. Apenas tive que comentar algo sobre a cena. Ela demonstrou diversos sinais de interesse (sorriso, receptividade e linguagem corporal, etc).
Após um breve periodo de tempo, já demonstrava estar pronta para o beijo.

2ª garota – Já tinhamos um certo relacionamento.

3ª garota – Me abordou na fila do caixa. Perguntou algo sobre mim. Manteve a conversa
sem precisar de maiores estimulos. Sem resistência ao beijo.

Qual foi a real dificuldade? Em todos os casos, não existiu desafio no que tange habilidade social. Logicamente, a primeira e a terceira garota viram algo que despertou interesse. Poderia ser minha postura, linguagem corporal, aparência ou uma sorte incrível da minha parte.

girl.jpg

O que quero demonstrar aqui é que nenhum desses resultados pode ser atribuido às minhas habilidades. Para que eles ocorressem, fiquei dependente de fatores e situações
externas. Logicamente não a nada de errado com isso. O difícil e dar o devido valor
ao que aconteceu.

Se meu objetivo é apenas ficar com várias garotas, essa noite foi boa. Mas meu objetivo é evoluir na sedução. Sendo assim, essa noite não teve nada de especial. Já obtive sucessos muito maiores em ocasiões em que não consegui ficar com ninguém.

Quanto mais claro é o objetivo, melhor se indentifica a evolução.

O desafio é não deixar que “sucessos acidentais” mascarem o progresso. Eles vão acontecer, mas o fato de ter ficado com três garotas não significa que desenvolvi todas as habilidades que quero.

Continuem a prática.
Forte abraço
Insane

Atualização Openers – Perfume

•julho 13, 2007 • 1 Comentário

  

Pagina de Openers atualizada.

 Opener do Perfume (Style)

https://seducaoinsana.wordpress.com/openers/

Forte abraço
Insane

Erro 02 – Necessidade da conversa convencional

•julho 6, 2007 • 3 Comentários

Na última vez que fui para balada, notei algo que estava ignorando até então.

Em alguns casos, eu não conseguia fazer com que as garotas se sentissem 100% “seguras”. Toda a atração e “sexual tense” eram construidos impecavelmente, recebia diversos sinais de interesse. Mas mesmo assim não estava tendo sucesso em conseguir finalizar o ato. A estrutura da minha interação era constante, mas nesses casos isolados, parecia faltar algo.

explosion.jpg

Na última festa que fui, a garota em questão respondia positivamente a todos estímulos que eu dava, mas parecia que ainda faltava confiança. Foi quando ela disse “preciso te conhecer melhor, nem sei seu nome” (normalmente evito dizer o meu nome até o momento do beijo, ou até que elas perguntem). Esse foi o momento da epifania. Notei que esse grupo de garotas com o qual estava tendo dificuldades nem sempre se deixa levar pelo momento, por melhor que ele seja construído.

Por mais que eu tivesse certeza de que ela estava totalmente atraida por mim, e que mais cedo ou mais tarde nós acabariamos nos beijando, ela ainda precisava de mais alguma coisa…

O que? O famoso feijão com arroz e que eu tão arduamente tento evitar em quase todas as interações.

Onde mora, o que estuda, onde estuda, o que faz, onde trabalhar, etc…

Ou seja, todas as coisas que evitamos falar para que não sejamos apenas mais um “carinha legal” que vai transformar a noite dela em um chato interrogatório.

Após uma rápida conversa sobre esses assuntos, a garota já estava pronta para o beijo.

kiss.jpg

 Parece um paradoxo, mas acabei descobrindo que algumas garotas tem a necessidade de saber essas coisas. Nesses casos essas perguntas e informações devem ser inseridas na sua interação , pois por algum motivo (que ainda desconheço) elas necessitam “conhecer” você desse jeito.

Apenas temos que fazer isso de tal forma que:

1 – Não parace um interrogatório ou monólogo

2- Não deixe a energia da interação diminuir

Mas, aviso aos navegantes! Não aconselho utilizar essa tipo de conversa a menos que se faça necessário. Como já afirmei, esse discurso (onde mora, o que faz, onde estuda) além de ser muito repetido pelos “carinhas legais”, acaba sendo chato e monótono.

O desafio é passar essas informações de forma não convencional, atraente e intrigante.

 Forte Abraço

Insane

Página fixa para Openers

•junho 30, 2007 • Deixe um comentário

Senhores,

Resolvi criar uma página fixa somente para openers, porque acredito que esse seja um assunto bastante polêmico. Essa página fixa será atualizada periodicamente. Colocarei sempre o autor do opener ao lado do título, e quando for de minha autoria, informarei em qual técnica me inspirei.

Fico aberto a segestões de novos openers, mas ele somente serão postados depois que eu os testar e averiguar seus resultados.

Segue o link da página.

https://seducaoinsana.wordpress.com/openers/

Forte abraço

Insane

Estranho 02 – Fenômeno Boomerang

•junho 28, 2007 • 1 Comentário

Em um post anterior, havia relatado que certa vez um garota me “classificou” como estranho. Como relatei no post, isso não me preocupou, pelo contrário, me senti bem.

Mas para os mais céticos, essa qualidade que me foi atribuida acaba sendo pejorativa.

 Para encurtar a história, adivinhem quem acabou muito “interessada” pelo cara estranho (com direito a indicadores de interesse e qualificações) ?? Como era de se esperar, a dita cuja.

Independente do que possa ocorrer no futuro em relação à essa garota, minha missão está cumprida. Tudo o que postei anteriormente se confirmou, e meu EGO agradece. Como comentei com um amigo, a vida frequentemente no dá esses pequenos presentes.

boomerang.jpg

E como estou me sentindo um pouco criativo hoje, gostaria de batizar esse acontecimento de fenômeno boomerang. No início, todos apresentam uma certa resitência ao novo, ao diferente. Na sedução não poderia ser de outra forma. Algumas pessoas não conseguem assimilar algo diferente de sua realidade como uma coisa boa. Pelo menos não no primeiro momento.

Mas como provado acima, se você faz tudo certo, não se mostra indeciso quanto a sua personalidade e nem se arrepende do jeito que age, essas pessoas passam a reconhecer seu valor. Praticamente um boomerang social, elas se afastam no início, mas retornam.

Forte abraço

Insane

O poder do Zodíaco – parte 02

•junho 15, 2007 • 2 Comentários

Percebi que muitos tem dificuldade em conseguir utilizar signos nas suas interações.

 Não por conhecer pouco ou por não querer arriscar, mas porque acham difícil entrar nesse assunto. Realmente fica estranho você começar a falar sobre astrologia sem nenhum pretexto.

Uma das maneiras de entrar rapidamente nesse tópico é assumir que o alvo tenha uma característica e linkar essa característica com um signo.  Ou você pode simplesmente perguntar o signo se preferir não arriscar um palpite.

Scorpio

 Vou postar apenas um exemplo, utilizando o opener da namorada ciumenta do Style.

 VC: Oi, jogo rápido, preciso de uma opinião feminina. Você namoraria um cara que ainda é amigo da EX?
ELA: Sim
VC: Mesmo? Nessa tranquilidade? Mas você não tem cara de ser tranquila. Tu tem cara de braba.
ELA: Eu?
VC: Sim, tu deve ser de escorpião, com certeza…
ELA: Não, sou de Touro.
VC: É mesmo, você é muito teimosa?
ELA: Não
VC: Claro que é, já ta teimando comigo…

A partir deste ponto você já esta falando sobre a personalidade dela. Daqui você pode continuar falando sobre signos ou apenas continuar falando sobre personalidade, se vocês combinam, o que você procura em uma mulher, o que ela procura em um homem e etc.

libra

Com essa técnica é possível iniciar uma conexão mais rápida e profunda rapidamente, e com muito mais eficiência do que se estivesse falando sobre trabalho, faculdade etc.

Não são raras as vezes em que você desencadeia uma conversa intensa sem que vocês saibam um o nome do outro.

Boa sorte!

Forte Abraço
Insane